MAIS ACTUAL BLOG

Rui Costa Pinto - Jornalista/Editor/Publisher

sexta-feira, abril 19, 2019

TEMOS (MAIS) BASTONÁRIO

NÃO ME VENHAM COM A CONVERSA QUE NÃO HAVIA NADA A FAZER

A DOIS DIAS DO FIM DO MUNDO

OS CRIMES DE JULIAN ASSANGE E DOS EUA

OS SONHOS SÃO FEITOS DISTO

quinta-feira, abril 18, 2019

LIMPEZA GERAL

GREVE, POLÍCIAS E SECRETAS

PORTO, LISBOA E PAISAGEM


DEPUTADA DO PARLAMENTO EUROPEU: EXEMPLAR

quarta-feira, abril 17, 2019

PAQUETS PERIGOSOS

Há paquets e paquets. Uns legítimos, outros não. Uns inofensivos, outros mais arriscados. Está aí a crise dos transportes de matérias perigosas com uns bem dentro e outros a fazer de conta que estão fora. Do pacote da gasolina, gasóleo e grade, é claro!

P. S. Começa a ser comovente a carinhosa protecção dada ao novel ministro que já sabia do risco de greve e pouco ou nada fez, se é que fez ou ainda está a fazer alguma coisa. E tanto a fazer por causa dos pacotes, perdão, das famílias...

O SILÊNCIO ENSURDECEDOR DO PCP E BE

DEPÓSITO NA RESERVA

LOUISE BERTIN. WHAT ELSE?

terça-feira, abril 16, 2019

UM IMENSO LIVRO DE PEDRA EM CHAMAS


DE CABEÇA PERDIDA

As quatro rodas estão em risco. Mesmo em duas rodas a coisa está a apertar. E é só o princípio...

P. S. De um momento para o outro, o país descobriu a existência de uma greve no sector do transporte de matérias perigosas. E as estações de serviço sem combustíveis. E as reservas nos aeroportos nos mínimos. E gente de cabeça perdida.

NOTRE DAME E REFLEXÃO

História e Fé, relíquias e tesouros, arte em todo o seu esplendor, uma luz inebriante e inesquecível filtrada pelos vitrais das três grandes rosáceas e a música do grande Emmanuel e do monumental órgão de tubos para todos aos Domingos. Quantas memórias...

segunda-feira, abril 15, 2019

LAÇOS DE FAMÍLIA

TIGER WOODS. WHAT ELSE?

PARLAMENTO À DERIVA

IPSE DIXIT... E BOA SEMANA

Nunca se sabe aquilo que basta. 
Talvez baste um poema, uma coisa mínima, viva, nossa, 
uma coisa sub-reptícia para empunhar
diante do implacável acordo das formas exteriores. 
Também pode ser que nada baste. 
E nesse caso
 tanto faz escrever um romance ou cem poemas ou apenas um poema, 
ou ler ou emendar o céu astronómico 
ou manter-se parado no meio de um jardim húmido e silencioso, à noite. 
Até pode suceder que a morte não seja bastante.

Herberto Helder 

domingo, abril 14, 2019

JORNALISTAS E WHISTLEBLOWERS

TRABALHAR ATÉ MORRER

A COMISSÃO DO RETROCESSO DA TRANSPARÊNCIA

sábado, abril 13, 2019

E NÃO SE PODE EDUCÁ-LOS


PANTOMINICES PARA ENGANAR O CIDADÃO

Políticos e politiqueiros rodopiam em falsos choradinhos em relação à famelga que por aí anda à solta no poder. Mais lei, menos lei, quando basta uma audição pública para resolver a tal ética com que todos enchem a boca tão tardiamente.

P. S. Curiosamente, ou não, ainda ninguém ousou falar no que se passa nas autarquias. Preparem-se! E não fujam, por favor. A começar pelo presidente...

UMA LEI PARA A FALTA DE VERGONHA

MARCELO A FAZER LEIS