MAIS ACTUAL BLOG

Rui Costa Pinto - Jornalista/Editor/Publisher

terça-feira, fevereiro 21, 2017

Caixa: o regime está podre

O turbilhão que está a abalar o regime tem um nome: Caixa Geral de Depósitos. Como é triste assistir a uma espécie de esquerda a servir de tampão à tentativa de apuramento parlamentar do que se passou no banco público. A posição do PS não surpreende. O que choca é a atitude do Bloco e do PCP. Quem diria...

'Outsourcing' legislativo

Ajudas de Estado não são para quem quer...

O maior segredo do caso CGD

segunda-feira, fevereiro 20, 2017

A conspiração do silêncio

A grande farra socialista está de volta

Peixeiradas

E a vida acontece

Quando temos/podemos afastar-nos desta vida política de sarjeta em que não há inocentes.

Padrões


terça-feira, fevereiro 14, 2017

A “estabilidade financeira” acima de tudo?

O árbitro-jogador

Confrontação

Sísifo e o castigo de Schäuble

O Presidente da República que se cuide


Défice com dívida de fora


Marcelo no seu "melhor"

segunda-feira, fevereiro 13, 2017

“House of Cards” na Caixa Geral de Depósitos

«Foi penoso assistir à conferência de imprensa de Mário Centeno, onde procurou demonstrar o indemonstrável. Em nenhum momento explicou como foi possível chegar a acordo com António Domingues sem cumprir a sua principal exigência, a de que não haveria “obrigações de publicidade, transparência ou de declaração” dos rendimentos, como está escrito, preto no branco, nos mails trocados com o Ministério. Foi também penoso repetir a desculpa invocada para o atraso na publicação do decreto-lei, referindo as negociações em curso com Bruxelas. Uma lei já pronta e assinada pelo Presidente à espera de “retoques”? Não faz sentido. Uma lei à espera do fim das negociações nas instâncias europeias publicada no fim de Julho quando estas só acabaram no fim de Agosto? Não faz sentido. Porque não falam com verdade, ao menos por uma vez?».

Centeno já foi imolado?

O ministro das Finanças tentou salvar a pele antes de saber se o bailete de Marcelo Rebelo de Sousa passa por retirar-lhe o tapete. Isto promete!

A vaga

Com a morte não se brinca

O mistério dos bancos apoiados pelo Estado e as PME

«As perguntas, cujas respostas deviam estar desde logo disponíveis sem esforço, encontram um muro de silêncio no BCP, CGD (os que tinham ainda empréstimos activos) e nas Finanças. Foi o anterior executivo quem desenhou o sistema, mas é este quem agora o controla e se mudam as cores de quem governa não mudam as leis nem os organismos do Estado. A informação tem de estar em algum lado, e se se procurou e não achou é porque algo foi muito mal feito. Numa sociedade onde o sistema financeiro se assume como vital, obrigando, por isso, à aplicação de avultadas somas de dinheiro público, este é precisamente o tipo de situações que não devem ocorrer. E a melhor forma de o evitar é pensar, desde logo, numa forma de prestar, de forma clara, todas as informações que possam ser públicas».

Israel faz história

As traquinices do professor Marcelo enquanto PR

Não brinquem com o Metro!

De Centeno a Costa


A guerra dos prazos


Podem pedir desculpa?



sexta-feira, fevereiro 10, 2017

A “trajectória correcta” para onde?

Há um papel escrito, sr. PR. O resto é pós-verdade

Se o PM mente...

Quinzenalmente, assistimos a António Costa a ser acusado de mentiroso no parlamento. E nada acontece. Assim, por que razão Mário Centeno deveria apresentar a demissão? Com o bailete imposto por Marcelo Rebelo de Sousa, esta é a Democracia que temos. 

Crise a fermentar

«Caixa. Centeno acusado de mentir. Costa desafiado a demitir ministro».

Irá Trump salvar o euro?

Na mão dos gigantes

Até que enfim!

Caixa de ressonância


quinta-feira, fevereiro 09, 2017

Tanta trapalhada não dá demissões?

Centeno para poupar Costa


P. S. Marcelo em silêncio intensifica o bailete!

Álvaro Santos Pereira: falar claro sobre corrupção e Portas

Acções do BPI afundam 15%

Observador: Fact Check mais e melhor

A banca que nos restou

O desafio de Donald Trump

Mudanças na social-democracia europeia

«Schulz representa quase tudo aquilo que os extremismos em voga deploram: a moderação firme, a convicção não sectária, a inteligência anti-dogmática.Se porventura ganhar as eleições de Setembro próximo observaremos transformações de inequívoca importância».

Depois queixem-se


quarta-feira, fevereiro 08, 2017

Costa: não há paciência para mais truques

De quinze em quinze dias... Mais um truque.

Provas para quê? É só ver e ouvir!

P. S. Uns chamam-lhe mentiras. Outros fazem de conta que não percebem. E toca a citar, citar e mais citar. Mas conclusões... Nada! É assim o jornalismo nos dias de hoje. Cautelas e caldos de galinha...

Finanças informaram Costa sobre acordo com Domingues

Ulrich e a desvalorização do BPI

A cotação do BPI em 2 de Janeiro de 2008 era de €5,37. Hoje é de €1,05. Está tudo dito!

Banca, ministros e mentiras

Os ateus-carrapato

A OCDE e o estado em que nos encontramos

Dez anos a fazer pela vida

As prendas da banca


Novo arguido por luvas a Sócrates e Vara

«Rui Horta e Costa negociou com Vara crédito a Vale do Lobo».

terça-feira, fevereiro 07, 2017

Marcelo: quando os afectos não dão jeito (4)

O que espera o presidente da República para se levantar às quatro ou cinco da manhã para dar uma palavra de alento aos portugueses que esperam horas e horas a fio, de madrugada, ao frio, para serem atendidos na Segurança Social?

P. S. Um membro do XXI governo constitucional ou da maioria parlamentar ainda lhe rouba uma selfie...
P. P. S. Infelizmente, Pedro Passos Coelho e Assunção Cristas devem estar preocupados com outras realidades...

Trumpistas precisam-se. Admissão imediata

Secretas: e vai mais uma

Insiste, insiste, desde 2006, devagar, devagarinho. Só falta registar no papel. Como pede o Conselho de Fiscalização dos Serviços de Informações.

O modelo presidencial de Trump

Governar com ideologia

Água de fevereiro vale muito dinheiro

Pobres poderosos


segunda-feira, fevereiro 06, 2017

O segredo da Caixa

Esta gentinha é muito perigosa

Taxas e taxinhas

Fascismo americano

«Tanto mandaram os EUA embora que eles se preparam para lhes fazer mesmo a vontade».

Ricos banqueiros


sábado, fevereiro 04, 2017

A história de uma fortuna


Porto Sporting: adeus Bruno e Jesus

Mais Sporting é só para o ano. Esperemos que sem Bruno (da treta) e (esta espécie de) Jesus.

Sócrates poderá ter tido acesso a 30 milhões

sexta-feira, fevereiro 03, 2017

Última hora: Sócrates em conferência às 20:00

Ler +

Os inimigos dos nossos inimigos

Esquerda une-se para chumbar audição de Armando Vara

O marquês, o amigo e o telegangue

Mapa do descontentamento

quinta-feira, fevereiro 02, 2017

Costa, Marcelo, dívida, mentira, bailete e truques

Quem tem seguido as intervenções de António Costa no Parlamento, nomeadamente no último debate quinzenal, só pode ficar estupefacto com a revelação do Banco de Portugal: «dívida pública portuguesa atingiu os 241,1 mil milhões de euros no ano passado; houve subidas da dívida bruta e líquida». É caso para perguntar: A mentira descarada no Parlamento já não é importante? E o primeiro-ministro e o presidente da República não estão sujeitos ao contraditório? Não há limites para  os truques?

P. S. A cada dia que passa, o bailete de Marcelo Rebelo de Sousa é cada vez menos credível.

O pecado original


Justiça aperta Sócrates com milhões da PT

terça-feira, janeiro 31, 2017

Mentirosos de todo o mundo, uni-vos

O que tem a Europa a dizer a Trump?

Será possível atingir a linha do horizonte?

Trump: Soem as trombetas, buzinem os trompetes!

A realidade escondida


segunda-feira, janeiro 30, 2017

Eike Batista dentro

Eike Batista, uma das maiores fortunas mundiais, foi preso no âmbito do processo Lava Jato.

Trump e a ignorância

O alarido que por aí vai com as primeiras medidas Executivas de Donald Trump só revelam, além de um enorme cinismo e hipocrisia, uma monumental ignorância relativamente ao funcionamento do regime, do sistema judicial e da cidadania norte-americanos.

As palavras tornaram-se na nossa prisão

Vergonha!

O pesadelo escolar

«O Estado, aliás, está agarrado a contratos leoninos com a Parque Escolar em 69 escolas onde gasta mais de 40 milhões por mês, apesar de ser notório o incumprimento da outra parte, mas já nem o BE ou o PCP se incomodam. A secretária de Estado Alexandra Leitão tem feito um esforço meritório para enfrentar os problemas, mas a herança deixada pela megalomania dos governos de Sócrates não deixa grande margem». 

Um ano depois


Moreirense: o melhor

O desporto respira melhor quando um pequeno clube consegue ganhar.

domingo, janeiro 29, 2017

O populismo e a defesa do “sistema”

Continua a ser preciso proteger o presidente

É o «fim do Euro»?

Trump espanta o mundo

quinta-feira, janeiro 26, 2017

A origem do populismo


Os alertas vermelhos da subida dos juros

O populismo, a ditadura e a loucura não têm cores políticas

quarta-feira, janeiro 25, 2017

A negociata do malparado

Goldman Sachs é o diabo, mas se a negociata for com um ex-partner da Goldman Sachs... «Há um cheque de 15.000 milhões para limpar crédito malparado da banca portuguesa».

Crise política: oficial

O chumbo da descida da TSU abriu, oficialmente, a crise política em Portugal.

Vieira da Silva: não apresentou a demissão (ainda)

José António Vieira da Silva,  ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, responsável por mais um truque falhado com a descida da TSU, não apresentou a demissão (ainda). Nem mesmo depois de assistir ao primeiro-ministro a tentar sacudir a água do capote, tentando escapar entre os pingos da chuva.

Trump: mais um escândalo

O 45º presidente dos Estados Unidos da América está a cumprir as promessas eleitorais.


P. S. Por cá, o PM não cumpre o acordado com os parceiros parlamentares que o apoiam politicamente e... o PR aplaude! E o bailete continua!

Ministério Público quer Vara na cadeia





Ler +




O marcelismo e o poder a meias

TSU não me gozes

Lição democrática


terça-feira, janeiro 24, 2017

“Politiquices” que não convêm



As questões "fraturantes" nem sempre fraturam

O regresso das fronteiras

Marcelo: a inovar

Eis uma iniciativa, com significado institucional e democrático, em que o presidente da República fica bem na fotografia.

Criaram um impasse, e chamaram-lhe estabilidade

Mais 9 anos de Marcelo

Lembram-se das PPP's?

«Gasto do Estado com autoestradas aumenta 77%».

Make America Great Again!

Domingos Pereira: razão ou pretexto?

O XXI governo constitucional perdeu, formalmente, a maioria que o sustentava no Parlamento, deixando de ter a legitimidade eleitoral que lhe permitiu formar governo e governar.



Nuno Garoupa e os jornalistas

segunda-feira, janeiro 23, 2017

A feira de gado

Dêem as boas-vindas ao primeiro-ministro Marcelo Rebelo de Sousa

O ensurdecedor silêncio

Ainda o TSUnami


O Estado disto tudo


Um governo alterno

O mundo ao contrário

domingo, janeiro 22, 2017

Marcelo: bailete ao delírio

Marcelo Rebelo de Sousa mostrou a sua parcialidade. Falou muito mais do que a realidade permite. É o bailete levado ao delírio, para mais tarde recordar. Quando o ódio cega...

Afinal, o diploma de redução da TSU é inconstitucional!

Marcelo às 20H00 na SIC

A oportunidade para confirmar se o presidente da República mantém a resignação em versão populista (encapotada) ou revela a acção consequente (mobilização) contra o sistema que tem condenado o país ao empobrecimento constante. A entrevista a partir das 20H30.

Adeus, Obama

A TSU e a (des)concertação

Trump: discurso da confirmação

O discurso de tomada de posse de Donald Trump não iludiu nem desiludiu: confirmou o que disse na campanha eleitoral, mantendo todos os motivos de esperança e de receios em relação ao futuro. Para alguns, iluminados, pode ser uma desilusão. Para outros, iluminados de outra forma, como o Papa Francisco, é melhor esperar para ver. Para todos os outros, não perceber que a América mudou não é mais nem mesmo do que o mesmo fundamentalismo indigente, hipócrita e cínico.

Maiorias


Ricardo Salgado é o corruptor de Sócrates

«Investigação deu um passo gigante»

A reforma do polícia


sexta-feira, janeiro 20, 2017

Adeus Obama: Trump e a mudança de paradigma

O 45º presidente dos Estados Unidos da América é a esperança da mudança, da muito ansiada mudança de paradigma, diferente dos políticos de plástico, por muitas dúvidas fundadas no horizonte. 
Fartos do bailete alimentado e imposto por um sistema hipócrita, corrupto, falso e caduco, liderado pela direita e esquerda institucionais nas últimas décadas, poderá ser o mandato de Donald Trump melhor? A resposta é simples: cidadania! 

quinta-feira, janeiro 19, 2017

Marcelo: intriga ao poder

Em pleno bailete. SIC.

Lava Jato: Juiz morre em acidente aéreo



Salgado e Sócrates: duas faces da mesma moeda?

Francisco Assis a falar claro

Quando a China é o farol da globalização

quarta-feira, janeiro 18, 2017

Costa e o truque: até quando?

Tudo começa a ficar mais claro: «Governo mantinha mais de mil milhões cativados no final de novembro». E se Passos Coelho foi além da Troika, então António Costa também repetiu a austeridade e foi além da Comissão Europeia na meta do défice. É a Esquerda na nova versão de, afinal, a austeridade continua. E só não vê quem não quer, ou não pode. E ainda vai acordar a tempo?

Mais uma derrota


Ricardo Salgado constituído arguido na Operação Marquês

A miúda feia não quis sair com o giraço da turma

terça-feira, janeiro 17, 2017

Assunção Cristas chama mentiroso a Costa

Pedro Nuno Santos apertado

No debate quinzenal, no Parlamento, Pedro Nuno Santos não consegue esconder o ar preocupado e agitado.

Passos começou a fazer oposição

Porque é que não pode haver oposição?

Uma decisão acertada

Escrever direito por linhas tortas

Governo pisca-pisca


Marcelo: bailete com temperatura a subir

segunda-feira, janeiro 16, 2017

António Costa: a segunda grande derrota

Apesar da campanha levada a cabo pela imprensa que insiste em levar ao colo o XXI governo constitucional, António Costa, depois da monumental derrota nas urnas, em 4 de Outubro de 2015, averbou a segunda grande derrota política com a tentativa de redução da TSU: por um lado, o PCP e o Bloco não engoliram a arrogância do primeiro-ministro em avançar com uma medida que contraria o acordo político estabelecido com o PS; por outro, Pedro Passos Coelho não se deixou intimidar pelo presidente da República e alguns companheiros de partido e anunciou o voto contra no Parlamento. É caso para dizer que está cada vez mais difícil fazer passar os truques.

Vieira da Silva: e debaixo da mesa?

Costa desesperadamente TSU

A campanha contra Pedro Passos Coelho, por causa do voto negativo anunciado do PSD em relação à redução da TSU, é a dramatização que António Costa espera... Desesperadamente.

Os fracassos do Governo são culpa da oposição

Passos afinal também sabe fazer política

A questão da «TSU» é política

A derrota dos porcos

Espantar o gado


Amante para mexer na TSU


domingo, janeiro 15, 2017

O Tribunal Plenário

História de um mártir