MAIS ACTUAL BLOG

Rui Costa Pinto - Jornalista/Editor/Publisher

sexta-feira, fevereiro 23, 2018

Saúde e os sem perdão

Rio quer um cheque em branco?

É preciso ter topete, senhor malhador

Em nome da equidade!

quinta-feira, fevereiro 22, 2018

Negrão mais branco

O novo líder da bancada parlamentar do PSD acha que tem legitimidade depois da seguinte votação: «Apenas 35 dos deputados sociais-democratas quiseram Negrão como líder, tendo 32 deputados votado em branco e 21 nulo».


P, S. António Costa, pode parar de rir?

Acredito

Adalberto só é meio ministro e finalmente percebeu

Poluição sem preço


As prioridades do “novo PSD”

quarta-feira, fevereiro 21, 2018

What else?

Rui Rio podia começar pior?

Não, não podia. É um início de mandato para esquecer. E a avaliar pelas declarações efectuadas, do tipo estou aqui para segurar Elina Fraga, então tudo pode piorar ainda mais...

Em casa de Ferraz, competitividade de pau

A Venezuela aqui tão perto

Foguetório empresarial

O que são animais de companhia? Vale tudo?

Fogo amigo

terça-feira, fevereiro 20, 2018

Os senhores do segredo e o The Post

Êxodo! What else?

O PSD tem um novo líder, a oposição não

Elina Fraga: um sinal desastroso

Rui Rio a fazer prova de vida

"Se você é negro presta atenção"

A verdade a que temos direito

#noginásio

segunda-feira, fevereiro 19, 2018

What else?

Corpo e alma: diferenças

A cada congresso partidário, da esquerda à direita, assalta-me sempre uma crise de reflexão sobre o debate político e público. E a conclusão é sempre a mesma: Vender o corpo e a alma é um verdadeiro ultraje.

Marcelo... E a pândega

O Rui Rio que eu conheço


Primeira vitória de António Costa

A Senhora dotora foi uma escolha do líder. E foi o primeiro passo em falso de Rui Rio e a primeira vitória de António Costa com a nova liderança do PSD. Como veremos nas negociações para o próximo pacto sobre a Justiça.

Sobre a “ilusão pós-nacional”


sexta-feira, fevereiro 16, 2018

Como se faz um canalha

«Há imagens que não se esquecem e que definem as pessoas. Uma delas é a de Rui Rio num barco, no Rio Douro, a abrir uma garrafa de champanhe com os seus convivas enquanto assiste à demolição de uma das torres do Bairro do Aleixo. No bairro – sei-o porque estava lá – o clima era de desespero, com um enorme aparato policial montado, mulheres que gritavam de raiva ao ver a sua casa ser implodida, homens a chorar junto ao gradeado enquanto o pó dos destroços se espalhava, crianças atónitas junto ao lugar onde até há poucos dias brincavam e que parecia, agora, um cenário de guerra. Se acaso a demolição daquelas torres tivesse sido negociada com a população, talvez um Presidente da Câmara estivesse junto aos moradores naquele momento, de consciência tranquila por ter cumprido o seu dever e garantido uma alternativa para a vida daquela gente. Se não fosse esse o caso, uma pessoa normal que tivesse tomado convictamente aquela decisão teria ao menos o pudor de se remeter ao silêncio perante o sofrimento dos outros».

Nikolas Cruz

Matança: um rapaz doente ou um produto da sociedade?

O pequeno ditador do PPD/PSD

Vanessa. As casas da nossa vida

Partidos com rede

O Tejo tem de ser salvo mas os postos de trabalho também


Ser criança porque os adultos são chatos!

Serpentinas, papelinhos e uma pirueta

What else?

quinta-feira, fevereiro 15, 2018

Relatório revela processos desaparecidos e vigilâncias ilegais

O pior cargo do país é o de líder da oposição

É um Rio que não vai parar?

«Dizem que foi fragilidade, ele diz que é transparência. E nessa transparência, talvez seja já a hora Rio, de tranquilizar o PSD e de dizer, uma vez mais, o óbvio: que o governo não conta com ele para aprovar o Orçamento do Estado desenhado para o ano eleitoral. Depois é só fazer oposição a sério e seguir o hino do PSD, aquele que diz "um Rio que não vai parar"».

Marcelo e a regionalização


A nossa (grande) ‘Quadrilha’

quarta-feira, fevereiro 14, 2018

Jovens... E trogloditas

«Para um em cada quatro jovens a violência sexual é “natural” no namoro».

Os chineses da TAP são diferentes dos angolanos?

Je suis Waterhouse

Juiz com história

Quando o amor queima

terça-feira, fevereiro 13, 2018

Wall Street tropeçou nos próprios pés

A hora mais trágica

Eles hoje aprendem de maneira diferente… Ah é?!

“Pensão Andorinha”