MAIS ACTUAL BLOG

Rui Costa Pinto - Jornalista/Editor/Publisher

quinta-feira, abril 19, 2018

Costa e os gritos

Não podendo varrer o assunto para debaixo do tapete, António Costa ainda se indigna que seja trazido para o debate parlamentar a desgraçada situação das crianças com doenças de foro oncológico, que são tratadas desumanamente no hospital do São João. Quantos gritos, denúncias, páginas de jornais e aberturas de telejornais são precisos para o governo fazer o que deve: governar!

SNS. É preciso um novo criador e uma nova criatura

Temos um novo António Costa?

quarta-feira, abril 18, 2018

Luxos e negócios secretos dos acusados na Operação Marquês

Um PS rico e mal-agradecido quer maioria

Marcelo e... O bailete sigue

Depois dos Independentistas da Catalunha terem dado uma lição ao presidente da República de Portugal, cantando Grândola Vila Morena, nas Cortes Gerais, de cravo amarelo na mão, a imprensa  portuguesa assobia para o lado, e Marcelo chuta para canto e emociona-se. O bailete sigue! Olé!

O pacifismo de flores e beijinhos do BE

O ataque à Síria

É a sério ou a brincar?


Os prisioneiros da literalidade

Quanto vale um deputado?

A ditadura do tempo

terça-feira, abril 17, 2018

Operação Marquês: Grand livre

Ano chave: 2007.

P. S. Perplexidade!

PSG: Nome a fixar

Depois da noite, com o Urban Beach, entre outros clientes na banca (BPI), na construção (Mota Engil, Tecnovia e a Teixeira Duarte), sem esquecer Inatel, Intermarché, Ibis, CTT, Ovibeja e Sociedade Portuguesa de Autores, a empresa de segurança PSG aposta na publicidade com o futebol como alvo.

Operação Marquês e... 90 dias

Câmara! Som! Acção: Começou o "Show Coitadinho" e o período para pedir a abertura da instrução.

Precaução, responsabilidade, sustentabilidade

Uma nova coligação

A indiferença à diferença

What else?

segunda-feira, abril 16, 2018

Pactos: para acalmar os protestos?

PS e PSD, seja para irritar PCP e o Bloco ou por outra coisa qualquer, desataram a anunciar pactos para isto e para aquilo. Qual é o objectivo? 1) Salvar o governo de António Costa?, 2) Acalmar quem não se conforma com o mau funcionamento dos serviços públicos, da Justiça à Saúde; 3) Manobra de diversão?

Mário Centeno: uma vantagem para Costa que não é um problema para a Geringonça

Adeus, Paulino



Lula da Silva: culpado ou inocente?

«No que respeita à prisão preventiva após a confirmação da condenação por tribunal de 2.ª instância, a decisão segue uma jurisprudência firmada no Supremo Tribunal Federal desde 2016, a qual não me parece que traduza qualquer entorse ao Estado de Direito ou ofensa a princípio constitucional. A presunção de inocência deve ser conjugada com outros princípios (é por isso desde logo que há prisão preventiva) e naturalmente a sua relevância esbate-se à medida que as condenações vão sendo confirmadas pelas diferentes instâncias judiciais. A execução provisória da pena de prisão após condenação judicial é comum nos países anglo-saxónicos e está prevista em várias ordens jurídicas da Europa Continental; não ofende a Convenção Europeia dos Direitos do Homem, sendo consentânea com as regras de um processo equitativo».

Por um gin se ganha e por um whiskey se perde.

Os Super-Homens legisladores

Buraco à vista!

O PCP vai até ao fim com António Costa. Quanto ao Bloco... Ainda ninguém sabe. Dois estilos, duas estratégias...

P. S. Rui Rio teve a primeira intervenção pública digna desse nome ao exigir saber quem deu os rombos na Caixa Geral de Depósitos e no Banco Espírito Santo.

O mundo nas mãos de um louco e dos seus aliados

What else?

domingo, abril 15, 2018

As pontes

Uma arma contra o medo

O Bloco transformou Centeno no novo Vítor Gaspar


Governo-sombra do PSD

Diz-me com quem andas e... Rio.

A pantomina


Croniqueta com Steiner, Markl, Ramiro e Francisco

«Cada um de nós tem um pedaço de sacana dentro de si, nuns é maior e noutros é menor, e contra isso o saber e a cultura podem lutar, mas também podem refinar».

sábado, abril 14, 2018

What else?

Tentar abandonar o barco?

As estratégias falsas e canalhas são sempre fascinantes. Sobretudo a partir do momento em que os seus mentores, que se escondem atrás da ralé do costume, dos novos aos velhos, começam a perceber que bateram com os burrinhos na água. Vai mais uma intriga reles? Ou será melhor tentar abandonar o barco?

Frente Cívica avança com pedido para o fim da PPP’s


Lulismo Judiciário

Adeus César

Não foi pelas viagens secretas... Será pelas viagens não realizadas...

P. S, José Paulino de Ascensão: uma espécie de novo Bloco de Esquerda.

A tenebrosa democracia brasileira

Crónica sobre uma crónica sobre o sr. Lula


Velas ou luz eléctrica?

Centeno construiu um castelo de cartas

Sporting e ... Voilà!



sexta-feira, abril 13, 2018

Venezuela: Sem palavras

Foto de Ronaldo Schemidt

Portugal e... Nem tudo é troglodita

Há um certo tipo de legislação cujo simbolismo deveria orgulhar os portugueses. É o caso do diploma que permite a mudança de género a partir dos 16 anos, sem relatório médico, aprovado com votos favoráveis de PS, BE, PEV e PAN, contra de PSD e CDS-PP e abstenção do PCP. Os socialistas, bloquistas, verdes e o deputado do PAN conseguiram uma janela de ar fresco que vai permitir que maiores de 16 anos possam alterar o seu género e nome próprio no registo civil, apenas mediante requerimento e sem necessidade de recorrer a qualquer relatório médico, ainda que, entre os 16 e os 18 anos, este procedimento terá de ser autorizado pelos representantes legais. E o diploma proíbe ainda, «salvo em situações de comprovado risco para a saúde», intervenções cirúrgicas ou farmacológicas que impliquem alterações do corpo ou características sexuais dos bebés e crianças intersexo».

What else?

Água nas fervuras

Catarina entre o disparate e... A ameaça

Entre a defesa firme de um meliante (Lula), cujos crimes foram provados em duas instâncias judiciais, e as ameaças inconsequentes a António Costa, que alterou as metas do défice negociadas para 2018 no Programa de Estabilidade, está traçado o caminho do Bloco de Esquerda do pior ao melhor.

P. S. Já foi tempo em que os ricos e poderosos podiam fugir à Justiça, com recursos e mais recursos processuais. Pelo menos no Brasil.

O guardião do farol

A ponte não é uma mera passagem

O Portugal de Centeno é muito poucochinho

What else?

quinta-feira, abril 12, 2018

Adalberto Campos Fernandes, o "bombo da festa" político

Abriu a caça a Centeno

Adalberto ainda anda por aí?

O ministro da Saúde arrisca ser uma das maiores nódoas e o carrasco do governo das esquerdas. E até pode conviver "tranquilamente" com o que se está a passar no SNS, mas os cidadãos já lhe passaram uma guia de marcha... Quiçá para um grupo privado do sector da Saúde.

Não há guerras justas!

Uma cartilha extremista

É uma das maiores vergonhas nacionais

A origem do pântano

Com um estranho orgulho, Mário Centeno revelou que o problema da situação no hospital São João tem obras previstas há mais de dez anos. É caso para dizer: Quando o presidente da República quer ser a Miss Simpatia do universo, quando os governantes querem ser opinion makers, quando os políticos querem ser governantes a qualquer custo e quando os jornalistas querem ser políticos, então não admira que esta situação seja possível e se possa perpetuar por mais dez anos.

What else?

quarta-feira, abril 11, 2018

Marcelo e... Problemas no bailete

A declaração de Marcelo Rebelo de Sousa sobre mais uma notícia do que se está a passar no SNS, em que nem as crianças escapam, pelos vistos há mais de dez anos, diz tudo sobre a inconsequente e balofa estratégia presidencial. Mais dia, menos dia, o presidente da República ficará encerrado nos afectos deste bailete em curso... Que continua a justificar e permitir.

Também quero ser Centeno

A escolha entre a evolução ou a inércia na prevenção (combate) à fraude

A “direita” brasileira é a mais burra do mundo

Saúde e... Corrupção

António Oliveira e Silva, presidente do Hospital de São João, pediu desculpa. E continua em funções. Não se demitiu, nem foi demitido. É neste pântano que começa a corrupção. E o resto... Ça va de soi!

Procuradoria cria equipa especial para investigar futebol

“O nosso ditador” voltou a ganhar

A verdade: o seu palco, tempo, princípios e valores

Zuckember e...Desculpas?

Enquanto decorre a audição de Mark Zuckember, neste vale tudo instrumental, qual vale de lágrimas de crocodilo, se a Barack Obama e a NSA vierem a público pedir desculpas... Então, corro risco de morrer a rir! 

What else?

terça-feira, abril 10, 2018

Canalhas à solta?

«Crianças fazem quimioterapia num corredor do S. João».

Não há governos de minoria absoluta

A prisão de Lula

Um Serviço Nacional de Saúde universal até quando?

Sporting: Chega de cortinas de fumo

Para os sportinguistas indignados, o problema chama-se Bruno de Carvalho. Para outros, igualmente sportinguistas, mas mais calmos e mais racionais, o problema tem outro nome: Holdimo, de Álvaro Sobrinho, que colocou Bruno de Carvalho no poder.

Sporting: E os ratos

Há sempre quem, com mais ou menos post, julga que escapa ao significado do adágio: Tanto é ladrão o que rouba como o que fica à porta.

Ninguém pode fazer tanto mal ao Brasil como Lula

«Basta que consiga divorciar uma parte da população da legalidade e da democracia».

What else?