MAIS ACTUAL BLOG

Rui Costa Pinto - Jornalista/Editor/Publisher

quinta-feira, dezembro 31, 2020

DO LUANDA LEAKS À ROLHA NA PGR

O ano 2020 acaba com uma manifestação extraordinária do poder político. Depois do Luanda Leaks e da informação reunida por Rui Pinto, que em boa hora a PJ garantiu e preservou, Marcelo Rebelo de Sousa e António Costa continuam confortáveis com a rolha em versão de seguro de vida: quaisquer investigações sobre personalidades, notáveis e demais afins mais ou menos mediáticos têm de ser reportadas à PGR.

RIO AINDA NÃO MUDOU

No último dia de 2020, e à medida que se sucedem as manchetes, Rio continua a recusar enxergar a realidade que o rodeia: apesar da crise, e de um governo à deriva que conta com um presidente cúmplice, os portugueses continuam a rejeitar o PSD como alternativa.

ESTES EUROPEUS ESTÃO LOUCOS?

«Um acordo de investimento da UE com a China, quando se abre uma nova oportunidade para a relação transatlântica e no preciso momento da tomada de posse de Biden, só poderia ser um sinal errado»

TURISMOFÓBICOS E SUBSIDÓFILOS

COVID19: AOS TESTES... AOS TESTES

quarta-feira, dezembro 30, 2020

PROCURADOR EUROPEU EM GUERRA

VENTURA PREOCUPA

Quando Rui Rio tem necessidade de afirmar publicamente que está preocupado com a votação de André Ventura nas próximas presidenciais, então isso é sinal que Marcelo Rebelo de Sousa está em estado de agitação crescente.

CANDIDATO OU PR?

JUSTIÇA 2020: SINS E NÃOS

ANA GOMES AO JORNAL DE NEGÓCIOS

DETENÇÕES EM PANDEMIA

OS DRIBLES

«Foi assim no rescaldo das eleições nos Açores, em que o líder do Chega, apesar das evidentes contradições do seu partido, saiu por cima, aproveitando a boleia que o PSD lhe ofereceu. Foi assim, algum tempo depois, quando as candidatas presidenciais Marisa Matias e Ana Gomes, não só propuseram a ilegalização do partido, como anunciaram a recusa prévia, caso fossem eleitas, de dar posse a um Governo que incluísse Ventura. E volta a ser agora quando, perante o pedido de Ventura para suspender o mandato de deputado, PS, PSD, BE e PCP recusam a pretensão, com justificações pouco convincentes. Formalmente, terão as suas razões. Politicamente, não só não têm nenhuma, como promovem o líder da Direita radical, de novo, à condição de mártir. Ventura não terá qualquer dificuldade em aproveitar de novo as luzes da ribalta».

terça-feira, dezembro 29, 2020

MARCELO: PARALISAR ATÉ DIA 24

Excelente entrevista de João Adelino Faria a Marcelo Rebelo de Sousa, sem se deixar intimidar pelas vergonhosas pressões de última hora, incluindo as do Provedor da RTP, Jorge Wemans. Quanto ao recandidato, que insiste em sublinhar que é presidente para fugir às questões: dúvidas sobre o Orçamento de Estado, mas promulga; preocupado com a percepção da TAP, mas deixa passar; não esquece os idosos, mas aceita que fiquem para trás na prioridade da vacinação; não tem falta de confiança na ministra da Saúde, mas falou com as farmacêuticas; quanto ao SEF, eis a notícia que vai gravar uma mensagem de feliz Ano Novo para a Ucrânia. Em suma: fugir às questões até dia 24 de Janeiro de 2021.

P. S. É o país paralisado até dia 24, porque para o recandidato todos os cuidados são poucos. E quanto à vacina anti Covid? Marcelo nem a quer ver. Ainda pode dar ideias para o arranque de uma campanha eleitoral capaz de escrutinar o actual mandato presidencial.

HONG KONG: ESMAGADOS MAS NÃO CONVENCIDOS

O ano de 2020 fica marcado pelo brutal esmagamento dos movimentos de contestação em Hong Kong. Mas o espírito da resistência sobrevive. Tal como o custo futuro de negociar com a ditadura chinesa.

AEROPORTO DE BEJA E A EVIDÊNCIA

«Ligação ferroviária ao aeroporto de Beja em estudo».

COMO PAGAR VÁRIAS VEZES A TAP

FICARÁ A EDP COM O DINHEIRO DA TERRA DE MIRANDA?

segunda-feira, dezembro 28, 2020

TC: ACABAR O ANO EM ANEDOTA

O Tribunal Constitucional consegui a "façanha" de se adiantar à formalização dos candidatos presidenciais.

2021: VACINAS E PANDEMIAS

COVID. UMA CAMPANHA TELEVISIVA EFICAZ

IPSE DIXIT. BOA SEMANA!

 

Criticam-me por ter estado três meses no Big Brother. 
O Marcelo está há cinco anos.

Vitorino Silva

domingo, dezembro 27, 2020

É ESTE ANO QUE VOU MUDAR, PROMETO!

BENFICA: A LISTA SECRETA APARECIDA


P. S. Ver o original publicado em Outubro passadono âmbito de uma das investigações ao clube que não se confundem com o caso Lex.

V DAY ARRANCA

 A vacina anti Covid começou em Portugal e no resto da Europa.

MARCELO QUEBRA (actualização)

Marcelo Rebelo de Sousa vai debater com Vitorino Silva no Porto Canal, quebrando a arrogância editorial das três estações generalistas (incluindo a pública), ao arrepio das obrigações que decorrem da atribuição da licença de televisão. Aguardam-se as posições da ERC e dos outros candidatos presidenciais.

P. S. Marisa Matias, Ana Gomes e Tiago Mayan já aceitaram debater com Vitorino Silva.

DO CORPO AO MANIFESTO

quarta-feira, dezembro 23, 2020

E A MATANÇA CONTINUA

A indignação crescente com a matança na herdade Torre Bela é amplamente justificada. Agora, por um segundo, imaginem se houvesse a mesma indignação em relação à outra matança em curso: os doentes do SNS que esperam e desesperam por cuidados hospitalares e cirurgias. 

P. S. Este país, que perdeu as referências civilizacionais, pertence aos cínicos.

LIDERANÇA

PARA QUE SERVE UM PRESIDENTE?

AGÊNCIAS DE RATING A CAMINHO

Portugal vai ser alvo de oito avaliações de rating distribuídas por seis meses do ano de 2021.

MAIS RICOS, MAIS POBRES

terça-feira, dezembro 22, 2020

ANA GOMES E O REGRESSO AO FUNDAMENTAL

A candidata que pode obrigar a uma 2ª volta presidencial (@AnaMartinsGomes) corrigiu o discurso. E libertou-se da mercearia dos votos do PS e da veneração a António Costa. Além de outras questões decisivas, o futuro dos idosos e dos jovens é que podem fazer a diferença. Foi assim que Ana Gomes acabou a entrevista a João Adelino Faria, na RTP. Esperança.

#DOVER: CRISE SOBRE RODAS

 O espectáculo começou.

AUTORIDADE DA CONCORRÊNCIA E TRIBUNAIS

A Autoridade da Concorrência aplicou mais uma multa milionária de 304 milhões. Resta saber qual vai ser o valor final depois de passar pelo crivo dos tribunais. O crime tem compensado.

O NOVO ESTADO DE EMERGÊNCIA

MARCELO VERSUS CANDIDATO/PRESIDENTE

As contradições, a desvalorização e a pressão sobre os juízes que estão a conduzir o julgamento sobre Tancos marcaram a entrevista de Marcelo Rebelo de Sousa a Anselmo Crespo, na TVI, em que faltou aprofundar que o então chefe da casa militar, João Cordeiro, «cessou funções, a seu pedido e por motivos pessoais», a menos de meio do mandato presidencial. E depois de cair na esparrela do Natal, que vai ser com mais de 20 familiares, quando as perguntas apertaram, então o candidato/presidente divagou ou não respondeu. Os portugueses voltaram a ser enganados.

segunda-feira, dezembro 21, 2020

TIAGO MAYAN: A SURPRESA!

O candidato Tiago Mayan, apoiado pela Iniciativa Liberal, deu prova da vitalidade da sociedade civil na entrevista a João Adelino Faria, na RTP. Há uma tendência desde 10 de Outubro de 1999, com a eleição da representação parlamentar do Bloco de Esquerda, que aponta para a consolidação de novas forças políticas, felizmente da Esquerda à Direita. 

CABRITA E RIO: VERGONHA ALHEIA

O caso do SEF traduziu uma nova linha da vergonha. Para Eduardo Cabrita e Rui Rio - pasme-se! - só quando há mortes à guarda das forças policiais é que é possível falar de um problema sistémico. Todos os outros casos, quando espancados ou torturados, desde que sobrevivam, para o MAI e para o líder do maior partido da oposição não fazem parte de qualquer tipo de excrescência do regime. Mais cínico do que isto... Chega! 

P. S. Estamos sem PR. Certamente, Marcelo não reage porque é recandidato.

SAÚDE, SEGURANÇA E RESERVAS

DOENÇA SOCIAL

«Espanta a facilidade com que as sociedades democráticas aceitaram a burca sanitária e a intromissão do poder executivo e policial nos mais íntimos aspectos da vida, e espanta a facilidade com que os governos o fizeram».

OUTRA VEZ A SELMINHO

OS MEUS AMIGOS

IPSE DIXIT. BOA SEMANA!


Feliz, feliz Natal, 
que nos possa levar de volta às ilusões dos dias da nossa infância, 
recordar ao idoso o prazer da sua juventude, 
e transportar o viajante de volta à sua própria lareira e ao seu lar tranquilo!

Charles Dickens

domingo, dezembro 20, 2020

PRESIDENCIAIS 2021: AS QUESTÕES QUE IMPORTAM

A pré-campanha presidencial está a passar ao lado dos problemas do dia-a-dia. Os candidatos têm desdobrado opiniões sobre as questões constitucionais e de regime, dando menos atenção a outras que também importam e muito: a saúde, os jovens, o desemprego, a justiça, a educação, o empobrecimento e até a dívida pública gigantesca. 

P. S. De Marcelo não se espera outra coisa, mas de Ana Gomes, João Ferreira, Marisa Matias e Tiago Mayan é esperado muito mais sobretudo nas entrevistas e debates.

CARLOS DURÃO DESPEDIDO

É o médico que, depois da autopsia, alertou a PJ do assassinato de Ihor Homeniuk. Foi despedido, revela o Correio da Manhã. Eis uma notícia que não pode passar em branco no meio do pântano.

OS XERIFES E OS TRIBUNAIS

QUANDO A INFORMAÇÃO ESQUECE

Foi através de uma publicação de Miguel Poiares Maduro no Twitter (@MaduroPoiares) bem fundamentada que confirmamos que o caso da vacina da gripe de Ana Gomes afinal não tem nada de ilegal nem contrário à ética. Entretanto, a imprensa andou a dormir na forma... E o Infarmed deve uma explicação ao país e até à candidata presidencial. Triste!

sábado, dezembro 19, 2020

SAÚDE: MAIS UMA PROVOCAÇÃO

«Apenas 25 mil profissionais de saúde vão receber prémio de desempenho».

POLÍTICA EM TEMPOS DE OPORTUNISMO

Há os vendidos que dizem o que for preciso para apoiar o poder político. E até os fanáticos que são capazes de defender ou criticar tudo e mais alguma coisa por uns tostões. O que mais impressiona são aqueles que justificam tudo e o seu contrário à espera de umas migalhas. E alguns continuam a sorrir...

"CHIQUINHO" VAI À VIDA... E LEVA A AGÊNCIA

O "Chiquinho" está em maus lençóis desde que Lobo Xavier o apoiou à última da hora. Só faltava mesmo dar cabo do que resta do CDS/PP com o afastamento de Cecília Meireles, uma das das melhores deputadas da Assembleia da República.

P. S. Depois de Portas... O deserto.

E QUANDO O ALTRUÍSMO NA SAÚDE NÃO FOR SUFICIENTE

«As palmadas nas costas e as palmas à janela não garantem melhores condições para o futuro, nem garantem a estabilidade emocional que um trabalho na saúde, nos dias de hoje, é incapaz de garantir».

"CONTRATO DE CONFIANÇA" EM PANDEMIA

É o "contrato de confiança" mais curto de sempre. Natal, sim. Fim do Ano, não. À medida da mercearia política e do calculismo sem limites da dupla Marcelo/Costa. 

P. S. Sem qualquer fundamentação científica ou até explicação lógica, depois de ler e reler é difícil entender tanta incoerência e pirueta.

PASSOS DE COELHO PEQUENINO

Reza a notícia que Pedro Passos Coelho regressou aos holofotes: «Do caso do SEF à TAP, da educação à economia, o Governo de António Costa alvo de duras críticas». (E até deixou uma pergunta: Que Portugal é este que não consegue fugir à cauda da Europa?)». Será sério todo este relambório, por muito certeiro que possa ser, sem uma palavra de severa crítica para Marcelo Rebelo de Sousa? Next!

sexta-feira, dezembro 18, 2020

RUI MOREIRA ACUSADO NO CASO SELMINHO


P. S. É mais uma "árvore" doente. E já nem dá para as presidenciais 2021.

UM VÍRUS SIMPÁTICO NO NATAL E PERIGOSO NO FIM DO ANO

PREPAREM-SE PARA O IMPACTO

MOZART E OS DESAFINADOS

E DEPOIS DO SEF MAIS SEF

Mais de 46 anos depois de Abril a cultura das polícias continua a ser a brutalidade do casse-tête acima da lei. E mais SEF (versão militar)...

AS "JUSTIÇAS" DE LUCÍLIA GAGO

MARISA ÀS MATIAS

Uma coisa é um comício, outra é uma entrevista a um jornalista. Os argumentos de a candidata presidencial apoiada pelo Bloco de Esquerda não resistiram à entrevista de João Adelino Faria na RTP.

E JÁ LÁ VÃO SETE

O sétimo estado de emergência decretado com os votos do Bloco Central, mais Natal menos Ano Novo, uma gestão da pandemia tipo ioiô para cuidar da popularidade, perdão, da saúde. 

quinta-feira, dezembro 17, 2020

MARCELO/COSTA: DUPLA DE PESO

«Poder de compra dos portugueses está pior do que há dez anos».

E OS 11 MOTORISTAS DE COSTA?

António Costa fez o teste à Covid, e muito bem, depois de um encontro com o presidente Macron (visivelmente debilitado) em Paris. Deu negativo! E os 11 motoristas do PM? Também fizeram o teste? E  o resto gabinete?

CABRITA E ERROS ANORMAIS


P. S. O MP já reabriu o inquérito ou isso não interessa nada?

BOMBA-RELÓGIO PARA AS EMPRESAS

POPULISMO INSTITUCIONAL?

UM GOVERNO A CAIR AOS BOCADOS

TEM A PALAVRA O CONSELHO SUPERIOR DA MAGISTRATURA

quarta-feira, dezembro 16, 2020

O PÂNTANO AGORA É A DOBRAR

O presidente e o governo apodrecem politicamente, a um ritmo vertiginoso, com um olho na realidade e outro presidenciais, num jogo de abusos, iniquidades e sombras inimagináveis. Tempos curiosos aqueles que estamos a viver. Fazem lembrar o fim do cavaquismo, só que agora o pântano é a dobrar, com a dupla Marcelo/Costa.

TUDO PELO AR

BRUXELAS TRAVA GRANDES TECNOLÓGICAS

IHOR HOMENIUK: TRUQUE À VISTA

A REESTRUTURAÇÃO DA TAP SERÁ UMA AGONIA

ANDRÉ VENTURA: CASO SÉRIO

A entrevista André Ventura a João Adelino Faria, na RTP, confirmou o padrão profissional do jornalista e o discurso cada vez mais consolidado de André Ventura. O candidato presidencial passou um teste duro. E é cada vez mais um caso sério.

NO FUNDO DO POÇO

terça-feira, dezembro 15, 2020

A DIREITA DOS SALÕES

DESONESTIDADE INTELECTUAL

O RELATÓRIO DO COMITÉ EUROPEU PARA A PREVENÇÃO DA TORTURA

ANA GOMES CONFIRMA E JOÃO FERREIRA DESILUDE

Ana Gomes e João Ferreira, respectivamente na TVI e RTP, revelaram duas propostas distintas no mesmo campo político. A candidata independente confirmou ser a alternativa à esquerda, com ideias firmes, deixando claro ao que vinha. Já o candidato comunista afundou num discurso fechado, uma prestação pouco conseguida.

MAGINA DA SILVA AINDA É DIRECTOR DA PSP?

A pré-campanha para as presidenciais 2021 está a destapar o atribulado ambiente vivido no seio das forças de segurança. Enquanto o director nacional da PSP coloca em causa o ministro que o tutela, Costa faz de conta que não viu nem ouviu nada.

P. S. Entretanto, Marcelo continua escondido atrás do pano.

(I)MAGINA SÓ, EDUARDO

segunda-feira, dezembro 14, 2020

MARCELO: ARTISTA SEM PLANO B

HÁ ALGO PODRE NO REINO DA DINAMARCA

MARCELADA AGITA POLÍCIAS

O recandidato Marcelo finalmente ao nível da intrigalhada para todos verem depois de audiência de Magina da Silva em Belém.

P. S. Para um ucraniano há silêncio durante nove meses. Para um polícia há condolências nove segundos depois. Por muito menos já houve acusações de racismo. Ah, os inquéritos...

IPSE DIXIT. BOA SEMANA!


Saber estar e romper a tempo, 
correr os riscos da adesão e da renúncia, 
pôr a sinceridade das posições acima dos jogos pessoais 
– isso é a Política que vale a pena viver.

Francisco Sá Carneiro

domingo, dezembro 13, 2020

MARCELO, COSTA, CABRITA E O DIABO

Os serviços de informações (SIS e SIED), a PSP, a GNR, a PJ e a PJ  militar podem cometer crimes e gravíssimas ilegalidades. Mas se for o SEF a pisar o risco, então tudo muda de figura nove meses depois. É Marcelo, Costa e Cabrita no limite do que podem, não vá o diabo...

P. S. André Ventura e o Chega agradecem.

ENTRE A TAP E O MINISTRO

Para memória futura: Com este presidente e com este primeiro-ministro é mais fácil Pedro Nuno Santos cair do que a TAP.

HOMENIUK E O JORNALISMO

Agora, parece que a culpa também é da comunicação social por não ter "picado" suficientemente os miolos do poder no caso Homeniuk. Como se o jornalismo fosse militância activa... E não bastassem as notícias sobre o caso, desde logo a começar pela notícia da TVI que revelou o assassinato do cidadão ucraniano.

PARQUES JURÁSSICOS

MARCELO E O MINISTRO DAS POLÍCIAS

sábado, dezembro 12, 2020

COSTA SEF, GOVERNO TAP

NOVE MESES PARA ACORDAR PARA O PROBLEMA DO SEF

OS PORTUGUESES MERECIAM OUTRO PRESIDENTE

3700 MILHÕES DE ERROS?

sexta-feira, dezembro 11, 2020

PRESIDENCIAIS 2021: ELEVAR O NÍVEL DO ESCRUTÍNIO

Dá sempre muito gozo elogiar os jornalistas. E ver e ouvir uma entrevista conduzida por jornalistas competentes, livres e independentes ainda é mais gratificante. Bernardo Ferrão e Ricardo Costa fizeram uma excelente entrevista a Marcelo Rebelo de Sousa, a tal ponto que o próprio, surpreendido e perdido, invocou o seu estatuto de presidente em funções. De facto, é um recandidato com as mãos cheias de nada.

IHOR HOMENIUK: POLÍTICOS SEM PERDÃO

Já há vergonha para um pedido de desculpas à viúva; e já há dinheiro para apresentar uma proposta de indemnização; até já há uma demissão da directora do SEF para o presidente continuar a lavar mais branco. Em síntese: não falta descaramento político para andar a reboque da opinião pública e concretizar, em passo acelerado, o que deveria ter sido feito nos últimos nove meses.

O MEU LEMA FOI SEMPRE LUTA DURA E VIDA SIMPLES

UMA PROVEDORA NO DESERTO

Atribuir à Provedora de Justiça a responsabilidade de apresentar uma proposta de indemnização à família de Ihor Homeniuk é um alívio. A intervenção e a credibilidade de Maria Lúcia Amaral podem atenuar a vergonha da omissão ao mais alto nível do Estado, desde Marcelo a Costa, sem esquecer Eduardo Cabrita e Cristina Gatões.

CASO RUI PINTO: PJ À LUPA

Agora é a vez da PJ voltar à berlinda. Em 2019, uma queixa de Ana Gomes foi arquivada pelo MP. Mais de um ano depois, no julgamento de Rui Pinto, colectivo de juízes autoriza a extracção de certidão para investigação dos mesmos factos que já foram investigados e arquivados.

CABRITA AINDA É MINISTRO?

A declaração de Eduardo Cabrita não foi feita à revelia do PM. O estilo e o desmando estão lá. Nove meses depois de Ihor Homeniuk tombar às mãos do SEF, o ainda MAI obrigou o PR a tirar a máscara, apesar de uma parte da imprensa que o quer levar novamente ao colo para Belém.

AACHOO


quinta-feira, dezembro 10, 2020

ANA GOMES ACUSA MARCELO NO CASO DO SEF

Ana Gomes criticou o silêncio de Marcelo Rebelo de Sousa sobre o caso do assassinato de um cidadão ucraniano nas instalações do SEF no aeroporto de Lisboa, deixando cair politicamente Eduardo Cabrita, ministro da Administração Interna.

P. S. Uma hora depois da declaração da candidata presidencial, Marcelo Rebelo de Sousa faz a primeira declaração em nove meses sobre o caso a roçar o insulto a todos os portugueses.

RIO ATINGE O PÉ

Rui Rio desdenhou a hipótese de confrontar o governo no Parlamento a propósito do desastre em que a TAP está transformada. Eis um tiro no pé que diz muito da alternativa (in)consequente.

P. S. Ah, se calhar também é por causa da pandemia... 

JUÍZES À FRENTE

Associação Sindical dos Juízes Portugueses (ASJP) avança com documento "Reforço da transparência e a integridade na justiça".

BREXIT A ESTALAR

GOVERNO A RUIR POR DENTRO

A guerra "surda" entre António Costa e Pedro Nuno Santos a propósito da TAP tem sido varrida para debaixo do tapete. Mas não é só a transportadora aérea. É notório que as presidenciais 2021 vão abalar o PS no momento em que o governo deve enfrentar grandes dificuldades. Quando os caprichos são mais importantes que o país...

OS MEGAPROCESSOS E A INVESTIGAÇÃO CRIMINAL

   

JOANA MARQUES VIDAL ENTRA EM CENA

É o regresso à vida pública do "fantasma" que ensombra politicamente Marcelo e Costa. E sem meias-palavras, a anterior procuradora-geral da República criticou o plano Estratégia Nacional de Combate à Corrupção (ENCC) 2020-2024: «Seria necessário referir a responsabilidade de cargos públicos e políticos, as autarquias locais, o financiamento partidários, observou a magistrada, alertando para a ausência de uma definição dos pontos prioritários no combate à corrupção e para o facto de não estar estipulada uma avaliação da aplicação da legislação e a sua eficácia.».

P. S. E quanto à diretiva sobre poderes hierárquicos também não há dúvida: «Não respeita a legislação em vigor».

quarta-feira, dezembro 09, 2020

PRESIDENCIAIS 2021: CAMPANHA COM VIDA

Foto: Luís Carvalho

                               Foto: Notícias ao Minuto                      Foto: João Relvas


ANA GOMES CONTRA O VALE TUDO

Num momento em que o extraordinário parece normal e o escrutínio da imprensa tem dias, a candidata presidencial Ana Gomes acusou Marcelo Rebelo de Sousa de «menorizar as eleições de 24 de janeiro ao anunciar a recandidatura numa pastelaria quando o país estava em confinamento».

SEF: UM BOTÃO DE NOJO

A demissão (tardia) da directora do SEF é apenas mais uma prova de um Estado corrompido e de um governo sem um pingo de dignidade que continua à solta porque não temos um presidente capaz de cumprir o seu dever.

TAP MAIS SAÚDE MENOS

«A TAP é o novo Novo Banco».

TEMIDO NA MARGEM

A BOMBA DEMOCRÁFICA

#HOJE E MAIS ALÉM

OS GRANDES COMBATES DE 2021

terça-feira, dezembro 08, 2020

TAP: INÍCIO DO FIM DE COSTA E DO "SEU" PRESIDENTE

Conselho de ministros extraordinário reunido para aprovar o plano de reestruturação da TAP.

AMBIENTE SIM, LÍTIO À PARTE

 «A maldição do ouro branco» 

CHEGA PARA LÁ, CHEGA PARA CÁ...

ESTADO DE EMERGÊNCIA É QUANDO UM HOMEM QUISER

O TABU DO PARAÍSO DA MADEIRA

«Afinal, se a zona franca não está ao serviço do desenvolvimento do arquipélago, a que propósito é que o fisco concede isenções ou o PSD defende o seu prolongamento? Se a zona franca não está ao serviço da Madeira, está ao serviço de quem?».

ZONA FRANCA DA MADEIRA: LICENÇA PARA ABUSAR

segunda-feira, dezembro 07, 2020

MARCELO COM AS MÃOS CHEIAS DE NADA

O RECANDIDATO TARDIO

"FACE OCULTA" COM MAIS PRESOS

IPSE DIXIT. BOA SEMANA!


A independência tem um preço, 
sempre o soube, 
e nunca me recusei a pagá-lo.

Eugénio de Andrade

sábado, dezembro 05, 2020

MARCELO E OS SEM-ABRIGO

Está na hora de começar a fazer um balanço do mandato presidencial. Sem folclore. Com factos. A erradicação dos sem-abrigo foi um dos únicos desígnios anunciados da presidência de Marcelo Rebelo de Sousa. O resultado está à vista: «Em apenas quatro anos há mais 157% pessoas a viver na rua em território português».

P. S. Quando a opinião resiste ao tempo: «Haverá limites para Marcelo?»

OBRIGAÇÃO MORAL

 «Cuidar de quem cuidou de nós não pode ser só um slogan».

NATAL É QUANDO O HOMEM QUISER

De um momento para o outro, passamos de criminosos a exemplares. E, por isso, temos uma prenda do Menino Jesus anunciada pelo Pai Costa entre 23 e 26 de Dezembro

P. S. O primeiro-ministro aguentou, e não passou o limite do ridículo: não há imposição de um limite ao número de pessoas na ceia de Natal.

A PGR E O TRIBUNAL DE JUSTIÇA EUROPEU

«Não é por acaso que a publicação da directiva nº 4/2020 ocorreu no pico da segunda vaga da pandemia e no auge da crise sanitária e económica que assola o nosso País. Momentos como os que vivemos são propícios a derivas autoritárias e ataques ao regime».

PRESIDENTE CALCULISTA E PERDIDO

A comunicação ao país foi mais de um recandidato a pensar nas presidenciais do que de um presidente a pensar no país. O sexto período de estado de emergência é a consequência de um presidente calculista e perdido, sem autoridade para pedir aos portugueses um comportamento exemplar, porque é incapaz de escrutinar e exigir rigor, transparência e competência ao governo.

sexta-feira, dezembro 04, 2020

ZONA FRANCA DO BLOCO CENTRAL


P. S. Eis um tema que faz a diferença entre Ana Gomes e Pedro Rebelo de Sousa, perdão, Marcelo Rebelo de Sousa.

ACUSAR E JULGAR EM TEMPO DE PANDEMIA

«O Processo de Emergência em Curso (PEEC) alargou o campo de produção das normas executivas, de quase inútil avaliação jurídica. Com a produção de um quadro legal de normas inspirado por critérios científicos opacos, sustentado no pânico coletivo e na biopolítica, há potenciais efeitos à distância no bom funcionamento dos tribunais. Numa vivência de profundas incertezas e angústias, as chamadas bionormas envolvem um impacto humano inédito, com controvérsia inevitável na distinção entre factos e política, exigindo firmeza e sensatez. Porque os fundamentos do higienismo cego, numa mecânica de ditadura sanitária legal, têm natureza anormal e de muito difícil escrutínio. Haverá limites inultrapassáveis. O limite da recusa da consagração de um excecional direito penal sanitário do inimigo (...). O limite de impedir a erosão da capacidade de aplicação objetiva e independente da lei (...). O limite da proibição do excesso, numa sociedade dilacerada pelo desemprego, destruição económica e desespero (...). O limite da defesa intransigente da independência dos tribunais e da autonomia do Ministério Público, enquanto pilares do Estado de Direito Democrático. A qualidade dos tribunais é a qualidade da democracia. De Tianamem a Guantanamo, do terrorismo global à corrupção internacional, resta-nos como sempre o caminho estreito, irrenunciável, da liberdade com independência e responsabilidade».

APRENDER COM O OUTRO MUNDO

MAIS EMERGÊNCIA E TABU À BEIRA DO FIM

O presidente e recandidato (o tabu está quase a acabar) prepara mais uma comunicação ao país para anunciar mais um período de estado de emergência. Não de 15, mas aparentemente de 30 dias. Desrespeito pela Constituição? Não, Rui Rio estará no Parlamento para votar favoravelmente, mantendo uma oposição que tem dias sim e dias não, sem que se consiga descortinar um padrão de coerência, mais escape menos escape.

P. S. Também é esperado o anúncio de um abrandamento durante o Natal, não vá algum eventual votante ficar aborrecido com tanta mão-de-ferro para esconder os ziguezagues do governo na gestão da pandemia. 

O SERVIÇO NACIONAL DE SAÚDE FALHOU! O QUE FAZER AGORA?

COVID-19: A ESTRATÉGIA DO GOVERNO CONTINUA ERRADA

COVID, PLANO E VACINAS

As duas novidades, ao longo das 21 páginas do "Plano de Vacinação-Covid19", são as seguintes promessas: 1. «Aquando da primeira aprovação pela Agência Europeia do Medicamento das vacinas contra a COVID-19, toda a logística da campanha de vacinação (desde o armazenamento central até à administração em todos os pontos de vacinação) estará montada», sublinho o "estará montada"; 2. As duas primeiras entregas somam 11 milhões de vacinas até ao final de Junho de 2021, mas a vacina só chega a todos os portugueses a partir de Julho.

P. S. E quanto à outra vacina, a da gripe, para este ano... Não há nada para ninguém, certamente as que restam são só para alguns. Um retrato que desperta toda a a (des)confiança.

quinta-feira, dezembro 03, 2020

CONFIANÇA E AUTORIDADES DE SAÚDE

Em tempos de pandemia, e de propaganda desenfreada, é de recordar o dia 4 de Fevereiro de 2015, em que um cidadão deixou o país abismado, surpreendendo o então ministro da Saúde [Paulo Macedo] e os deputados: «Não me deixe morrer!». Por não confiar nas autoridades de Saúde, nem tão-pouco se ter resignado, José Carlos Saldanha conseguiu autorização para iniciar o tratamento que o Estado até então lhe recusara. Salvou milhares de vidas. Morreu cinco anos depois de um enorme gesto de cidadania.

ANA GOMES A FAZER MAIS

FUNDAMENTALISMO IDEOLÓGICO SEM LIMITES

O plano de vacinação Covid foi, finalmente, apresentado. E, numa primeira leitura, salta à vista a ausência de explicação para o exclusivo do SNS. O objectivo não é vacinar o maior número de pessoas no mais curto espaço de tempo? É nestes momentos que fica ainda mais claro como um mandato presidencial refém do apoio de um partido pode ser desastroso.

P. S. A saúde privada representa uma enorme fatia dos cuidados de saúde prestados aos portugueses. Basta recordar, por exemplo, que cerca de metade dos testes Covid são assegurados pelos privados. O que aconteceria se também tivessem sido excluídos?

FATALIDADE À VISTA

O braço-de-ferro politicamente desnecessário com os 10 empresários da restauração e da diversão pode acabar em tragédia. E a responsabilidade é de o presidente e recandidato (há notícia, sem confirmação oficial, que vai anunciar a recandidatura) e de o primeiro-ministro.

P. S. Marcelo não se aproxima da tenda dos grevistas, nem a pé nem de carro, nem a pão e água. Pois é, com as presidenciais à vista todos os cuidados são poucos. E lá se vão as selfies e os afectos...

CABRITA E LUCÍLIA GAGO NO PARLAMENTO

O ministro da Administração Interna e a procuradora-geral da República vão ao Parlamento. Finalmente! Ambos têm muitas explicações a dar aos deputados e ao país. O caso do assassínio de um cidadão ucraniano e a recente diretiva de a PGR sobre os poderes hierárquicos são demasiado importantes para ficarem para trás. E quanto mais cedo melhor. É que ainda há tanto que há a esclarecer em tempos de pandemia.

MARCELO: NÃO HÁ VACINA?

O presidente e recandidato (que insiste em fazer de conta que não é recandidato) já começou a branquear o que pode correr mal no processo de vacinação da Covid: «Portugal vai demorar meses a vacinar os cidadãos», adverte. Coitados dos grandes e populosos países, pois certamente vão levar anos... E não há nem um pingo de vergonha?

quarta-feira, dezembro 02, 2020

BLOCO DE ESQUERDA NÃO DESISTE

UM ORÇAMENTO CONTRA OS ENFERMEIROS

EUROPA E OPORTUNIDADE ÚNICA

O novo alinhamento na União Europeia pode passar a ser determinado entre os Estados que respeitam os Direitos Humanos e combatem a corrupção e os outros que querem continuar a chafurdar no pântano dos negócios com ditadores e demais ladrões. É uma oportunidade única para um Portugal mais justo.

PORTUGAL 2020: O PÂNTANO

TAP: CONFLITO À VISTA

Ignorar o Sindicato dos Pilotos de Aviação Civil (SPAC) é um erro clamoroso. «Pilotos da TAP entregam providência cautelar para ver informação que suporta despedimentos».

PSD: AINDA HÁ ESPERANÇA

MÃO-DE-FERRO E VOTOS

Com o acentuar da crise é evidente a estratégia de endurecimento do discurso e das medidas da "dupla" Marcelo/Costa, mais uma fuga em frente concertada por quem sabe que perdido por um, perdido por mil, na esperança que a política de mão-de-ferro ainda continue a render votos.

O PAÍS ESTÁ QUASE TODO A PÃO E ÁGUA

HONG KONG À ESPERA DA "NOVA" AMÉRICA

Enquanto por cá a "dupla" Marcelo/Costa anda ocupada com o número de pessoas à mesa da ceia de Natal, o NYT publica um artigo de opinião de Nathan Law Kwun Chung e Alex Chow, dois ícones do movimento pró-democracia de Hong Kong.

A FISCALIZAÇÃO DA CONSTITUCIONALIDADE PELOS TRIBUNAIS

terça-feira, dezembro 01, 2020

OPORTUNISMO ATÉ AO ÚLTIMO DIA

Marcelo Rebelo de Sousa anunciou, sem anunciar, a recandidatura. É apenas mais um passo na estratégia de usar Belém para tentar obter vantagens próprias. Vale tudo quando pouco ou nada se tem para mostrar. Afinal, o princípio de um mandato único é só para os outros, sobretudo para aqueles que escrutinaram o poder.

P. S. Já passaram o cheque?

É O PODER QUE TEMOS E MERECEMOS

Não, não são os pares do poder nem representantes das farmacêuticas. São apenas 10 empresários em greve de fome, desesperados que não se resignam. Merecem respeito, nem que seja por humanidade. O presidente e recandidato (que só vai anunciar a recandidatura quando der mais jeito) e o primeiro-ministro não têm tempo para ouvir os cidadãos em protesto.

P. S. João Cotrim Figueiredo e Francisco Rodrigues dos Santos foram os primeiros líderes partidários a descerem ao nível do movimento "A Pão e Água". Tanta gente em falta...

DEMOCRACIA E DEMOCRACIAS

NOVO CORONA AUTORITARISMO

EDUARDO LOURENÇO

 Filosofia, poesia, pensamento e independência.

BORIS À RASCA

O editorial do Guardian diz muito sobre a independência editorial, a opinião livre de quem escrutina e as desastradas liderança e gestão da pandemia de Boris Jonhson.